Mude o visual escolhendo um novo corte de cabelos adequado à seu tipo de rosto

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010


Olá gente,como foram de carnaval?
Apesar de estar um calor fortissimo,minha pressão despencar de maneira inversamente proporcional ao meu metabolismo que vai as alturas e eu emagreço como uma louca,minha estada no interior foi produtiva,afinal a Gaby sempre cria coisas novas e eu sempre estou inventando moda.
Depois de um assunto de cunho fashion/utilidade pública,vou falar de um tema mais leve:cortes de cabelo.Afinal,ainda é verão e ainda está em tempo uma mudança de visual,mas não apenas mudar,tem que ter a ver com seu traços e te valorizar ao máximo.
Rosto Hexagonal:Testa estreita,cabelos próximo aos olhos,queixo fino e bochechas salientes,se seu rosto é assim,faça como Anette Olzon e destaque as mechas laterais,mas não exagere no volume na parte superior e mantenha distância de cortes muito curtos.
Rosto oval:Com medidas simétricas,sem ângulos fortes e distância proporcional entre testa e queixo,costuma ser menor do que os outros,e como fez Simone Simons,mantenha os fios afastados do rosto.
Rosto retangular:Rosto longo e anguloso,possui grande distância entre olhos e queixo e maxilares alinhados com a testa.Para suavizar o contorno facial,faça como Sharon den Adel e tenha uma franja falsa,com fios desfiados e laterais repicadas,mas ao contrário dela,evite cabelos muito compridos e superlisos.
Rosto triangular:testa larga e achatada,maçãs do rosto estreitas e queixo pequeno figurando um triângulo invertido,como de Doro Pesch,faça como ela e crie volume entre queixo e pescoço,deixando os fios na direção contrária ao rosto.Evite puxar todo o cabelo para tras,o melhor é uma franja leve com fios repicados ou desfiados.
Rosto redondo:Caracterizado por bochechas salientes,testa curta e queixo pequeno,exigem volume e comprimento,como de Amy Lee,crie linhas com cortes com mechas médias ou longas com pontas viradas para dentro.Evite franja,cortes curtissimos,volume lateral excessivo,e repicados na altura do queixo.
Rosto quadrado:Testa grande,mçãs e maxilar com a mesma largura,faça como Tarja Turunen e desvie a atenção dos ângulos,privilegiando cortes médios e longos com as pontas viradas para fora,ou repicados e desfiados apontando para o queixo ou volumes no topo da cabeça.
Espero que gostem,tomei o cuidado de escolher mulheres pois sei que meu blog é mais lido por garotas e é mais fácil se identificar vendo um rosto feminino e as soluções dadas por elas.
No video da semana,uma banda de estonianas platinadas chamada Vanilla Ninja,com a versão acústica de "I Know".Apesar de estarem diferentes e a formação não ser mais a mesma,vale pelos cortes e cores de cabelos que elas escolheram.
Bjos e até logo!
video

Eco bags:cuide do planeta sem perder o estilo

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2010


Olá amigos!
Antes que estranhem e se perguntem o que estou fazendo com post novo na sexta,é por que houve um imprevisto de carnaval e vou precisar viajar para o interior(sem acesso a internet)mas sem dúvida,volto com novidades da "Fábrica de Idéias".
Unindo isso ao fato que muita gente estará viajando e que a banda mais mangá de carne e osso está sendo expeculada para nos visitar em junho,falemos dos dois!
Quando saio na rua para coprar minhas miudezas,nem aceito mais sacolas de loja,pois sei o quão caro são os 300 anos que a natureza demora para "digerir"aquele pedaço de merchandising barato.Como sempre que adquiro uma peça de vestuário,levo em conta meu estilo rock n´roll de ser,então decidi fazer o trabalho completo:encomendar uma eco-bag de banda feita de material 100% natural(e não agredisse o ambiente de maneira alguma)e ainda adquirir umns penduricálios extras dentro do mesmo pensamento.
Sendo assim,creio que a minha seja a primeira bolsa de banda que conheço,e ainda eco-bag(mais raro ainda),com direito aos toyarts dos gêmeos Kaulitz para me acompanharem no possivel show em junho.Seria muito legal se eu conseguisse conhecê-los e entregar uma réplica dos Humanoids para eles,até porquê trata-se de uma boa causa.Tenho certeza que adorariam o presente.
Bom,nada mais justo do que encerrar o post com um dos vídeos do Revèillon,os Humanoids e os Gêmeos Superpoderosos dançando Humanoid.
Beijão,bom carnaval(ou apenas descanço)e tentem reduzir o volume de sacolinhas inúteis dentro de casa depois das viagens,o planeta agradece!

video

Receita para parar de roer unhas e decoração gothic glam nelas

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010



Olá pessoal,tudo bem?
Vou dar minha dica para parar de roer unhas,problema que começa por mera ansiedade e acaba se tornando mais grave com o passar do tempo se não largar logo.
Eu lembro que desde quando era bem pequena,ainda um bebê ruivo flamejante de uns 3 anos de idade,meu pai cortou minhas unhas à força porque eu queria que elas ficassem enormes.Uns cinco anos depois,eu tive uma professora que gritava direto com os alunos(não exatamente comigo),mas ficava aflita e roí unhas por uns quatro anos seguidos.O que me salvou?O amor pela moda!Naquela época eu achava que tinha dom para estilista,as dream models estavam em começo de carreira e eu naõ queria ficar por menos.
Tratei de elaborar um esquema:Duas a três camadas de base e esmaltes escurésimos,se por acaso quebrasse a pintura de uma unhinha antes de uma semana,eu refazia ela inteira.Após umas duas semanas,quando você começa a ver resultados,se incentiva a deixa-lá crescer mais e mais.
Minha dica para quem quiser ou precisar desse artifício,é a unha gothic glam,inspirada nos dois estilos:a sobriedade da unha preta dos góticos e o glamour do glitter,evocando a festa dos anos 80 em Los Angeles.
Desta maneira breve,me despeço com um vídeo da banda Negative que explica bem o que digo:ser sóbrio,ou até soturno,mas com um toque de festa.
Bjos,espero que possa ajudar alguém já que essa técnica funcionou comigo e não vltei a roer unhas em quase 10 anos.
Até mais;
video

Polêmica dos shows internacionais no Brasil

terça-feira, 2 de fevereiro de 2010


Oi gente,tudo bem?
Obrigada à nova seguidora,fico muito feliz com cada novo seguidor,é um incentivo para tentar melhorar cada vez mais.
Até ontem,estava em dúvida sobre o que postar,cortes de cabelo ou como parar de roer unhas.Ambos tem a sua importância,mas naquela noite me contaram algo que eu devia falar:o abuso dos shows internacionais no Brasil,isso é caso de politicas públicas.
Há algum tempo o Brasil tem sido rota certeira de inúmeros artistas de sucesso,de várias nacionalidades e estilos.Muitos festivais bons tem sido organizados não apenas no sul e sudeste,mas também no norte e nordeste,lançando artistas de sucesso nacionais e exportando talentos.
Mas o que me preocupa(e até deixa indignada)è o assalto das mega bandas consagradas.
O caso em questão foi o show daquela banda clássica de Metal que esteve aqui nos últimos dias de janeiro,que eu amo de paixão,mas não podia concordar com o absurdo valor do ingresso de R$150,00.Conversando com amigos que foram,eles me deram detalhes mais chocantes,como que o ingresso de pista nas mãos dos cambistas eram no mínimo R$350,00.
o estacionamento era outra facada,pagava-se R$40,00 para parar NA RUA,sem segurança alguma,e se caso quisesse um estacionamento,tinha que desembolsar em torno de R$100,00.Se por acaso beber e não estiver habilitado a dirigir,o táxi amigo(da onça) te olhava e dizia:R$150,00 a corrida com o taxímetro desligado,se quiser é assim,teve até briga com taxista no meio da rua.ônibus,além de ser perigoso àquele horário,praticamente inexistia,metrôs então,um luxo para poucos.
Em termos de alimentação e diversão,uma camiseta oficial(feita na Galeria do Rock)chegava a sair por R$75,00,comes e bebes,um luxo como uma garrafa d'àgua chegava a custar R$20,00,e aqueles venenos que alguns amigos chamam de vinho nem tiveram os preços comentados.
O mais bizarro è que,um show de uma banda desse porte,nos EUA por exemplo,chega a sair por $40,00,um preço justo.Mas todos sabemos que o brasileiro que um salário mínimo deficitário e no mínimo R$350,00 desse total faz a maior diferença,principalmente pra quem sustenta família.Sem contar que a outra possibilidade de público,os jovens que vivem de mesada,vão ter que deixar de almoçar e ir á pé até a escola por quento tempo para poder ir nesse show?
Aqui fica o meu desabafo:Melhor infra-estrutura e segurança,prços mais populares(afinal as capitais que abrigam esses shows tem muito mais do que 250.000 interessados),menos ganância e mais cultura,afinal a cultura é essencial na formação do indivíduo e,enquanto for para poucos,faço questão de não alimentar esse uso,seja show de quem for.
Espero que Beyoncé e Lady Gaga não me decepcionem,afinal o Guns e o Metallica já o fizeram por bastante tempo.
Até mais,amigos!